Uso de corticoesteroides tópicos por gestantes não parece estar associado com eventos gestacionais

O uso de corticoesteroides por gestantes não parece estar associado com eventos gestacionais como fenda orofacial, baixo peso ao nascer, parto prematuro, morte fetal, baixo índice Apgar e tipo de parto, de acordo com estudo realizado por Ching-Chi Chi, MD da Escola de Medicina da Universidade Chang Gung de Taiwan, e colegas.

O estudo incluiu 2.658 mulheres grávidas expostas a corticoesteroides tópicos e 7.246 mulheres grávidas não expostas.

Enquanto que a análise preliminar não demonstrou associação entre a exposição materna e desfechos maternos, uma análise exploratória mostrou um risco aumentado de baixo peso ao nascimento quando a quantidade utilizada de corticoesteroides potentes ou muito potentes excedeu 300 gramas durante toda a gestação, sugerem os resultados.

“Este estudo demonstrou não haver associação entre a exposição materna a corticoesteroides e a ocorrência de fenda orofacial, parto prematuro, morte fetal, baixo índice Apgar e tipo de parto”, os autores concluem. “Com este estudo e todas as evidências disponíveis levadas em consideração, o risco de baixo peso neonatal parece correlacionar-se com a quantidade da exposição a corticoesteroides tópicos.”

 

Fonte: JAMA Dermatol. Published September 4, 2013.